Apresentando Peculiar Prog!

Sejam todos bem vindos ao Blog Peculiar Prog!

Hoje, 8 da Manhã do Dia 8 de Maio, tomei a decisão de gravar um vídeo para deixar mais claras as idéias abaixo e acrescentar outras que só poderia explicar melhor desta maneira. Infelizmente a minha câmera não é muito boa e o vídeo ficou escuro principalmente na região dos meus olhos e boca. Como não  desejo atrasar mais o lançamento do blog e ao mesmo tempo não quero regravar porque dificilmente conseguiria repetir exatamente o que disse, decidi publicar deste jeito mesmo. Espero que compreendam e prometo que vou caprichar mais em um próximo. De preferência com outra câmera. Leiam o texto e vejam o vídeo (ou melhor ouçam). Agradeço a compreensão!

O meu nome é Vinicio Ricardo Meirinho, músico e pesquisador de música progressiva e criador do grupo do Facebook “Pro(G)ject New Progressive Works

Cresci ouvindo e admirando esta música. Pelo que me recordo aos 11 anos já ouvia Moody Blues e Procol Harum via rádio, são as minhas mais antigas recordações.

Tenho portanto 50 anos de vivência dentro deste estilo de música e, sinceramente, ainda considero que muito tenho para aprender e vivenciar e sei que irei embora desta vida sem conhecer tudo o que gostaria.

Toquei como baterista e percussionista em dois grupos progressivos, o AC e o Abadon, durante uns 10 anos entre os anos 70 e 80 que, infelizmente, nunca registraram nada em virtude das enormes dificuldades da época. Quem viveu o período deve compreender o que digo.

Me afastei depois desta atividade por motivos pessoais, família e filhos mas sempre ouvindo, aprendendo e pesquisando com os recursos disponíveis e com energia total após o advento da era da internet.

Participando de vários grupos no Facebook, do Brasil e do exterior, particularmente intensifiquei o meu trabalho no grupo “Espaço Prog“, do qual também sou administrador.

Neste grupo comecei uma série de eventos anuais em 2013 e 2014 sobre álbuns novos do progressivo e da criação dos hoje já famosos quadros dos tecladistas, baixistas, bateristas, guitarristas e cantores clássicos do movimento progressivo.

Quando percebi que o espaço de eventos havia se tornado pequeno e com restrições demais pelo facebook para o número cada vez mais crescente de lançamentos decidi criar um grupo específico para isto, o “Pro(G)ject New Progressive Works“.

Este trabalho todo enfatizando as novas produções é uma tentativa, muitas vezes inglória, de mostrar que o progressivo não é um estilo morto como querem alguns e, sim, um estilo em constante transformação que não para de gerar obras primas em vários países do mundo, inclusive no Brasil.

Este blog, portanto, possui o objetivo de levar adiante estas idéias sem, é claro, esquecer do movimento como um todo. Um espaço mais livre e sem as amarras impostas pelas redes sociais.

Quando pensei em criar o blog para poder colocar de uma melhor maneira as minhas idéias e sem as restrições das redes fiquei sofrendo com o problema do nome.

Após meses de Brainstormings  e contando com as idéias de alguns poucos amigos descobri que os que mais me agradavam já existiam e aos outros faltava algo. Queria um nome simples que pudesse, por si só, externar as minhas idéias sobre a musica progressiva.

Após muito sofrimento na escolha notei, de repente, que uma palavra aparecia  em tudo o que lia, via e na maior parte do que escrevia, mais ou menos coincidente ao começo dos meus programas Momento Prog na RST Rádio Rock e culminando com o lançamento do filme de Tim Burton “O Lar das Crianças Peculiares”, que foi quando tive a certeza. É isto! Peculiar!

Mesmo assim ainda em dúvida fui atrás do significado da palavra. Era Perfeita! Exatamente o que eu queria! O mesmo significado tanto em Inglês quanto em Português. O Mesmo Som. E o significado mais do que perfeito: característico, especial, algo que é próprio de uma pessoa ou coisa.

Em alguns casos, a palavra peculiar pode ter um sentido depreciativo, sendo usada como um sinônimo de estranho, esquisito ou invulgar.

A palavra peculiaridade é também sinônimo de particularidade ou singularidade, ou seja, algo especial que caracteriza e distingue uma pessoa. Com origem no latim “peculiaris”, esta palavra descreve uma coisa típica que é como o distintivo de alguém ou algo.

Pensem bem… O que é mais Peculiar do que a musica progressiva entre todos os gêneros musicais?

Criei o LOGO de forma amadora usando para isto uma página gratuita da  internet. Depois pedi a um grande amigo designer que desse uma olhada e opinasse. Ele resolveu dar umas opiniões e sinceramente, as modificações propostas, desculpe S….., sei que vai ler isto…não ficaram boas, mesmo com todo o talento dele, e ao final ele concordou que deveria usar o meu da forma como imaginei.

A idéia foi muito simples. O formato e a cor das letras e do desenho veio do meu gosto pessoal, assim como as letras e cores do blog, e sinceramente, tentei fugir ao máximo de um certo padrão que noto nos outros blogs (uma boa parte excelentes e de grandes amigos) de música progressiva presentes na internet.

A imagem presente no logo é de uma foto real de estrelas distantes. É como imagino a música progressiva: Os clássicos seriam como os planetas mais próximos, cometas, meteoros e asteróides, de acordo com a importância primordial de cada um ainda dentro de nosso sistema solar ou bem próximos a ele.Nós, os apreciadores, estamos representados pela Terra.

A medida que nos afastamos dos clássicos progressivos só nos resta as estrelas e sistemas estelares mais próximos, os Neo Progressivos da década de 80 seriam um exemplo, avançando até a década de 90 e chegando finalmente ao século XXI com as mais distantes estrelas e sistemas estelares ainda desconhecidos.

O foco principal deste blog assim como o do meu grupo no Facebook Pro(G)ject New Progressive Works se encontra nestas distantes estrelas desconhecidas, ignoradas por muitos mas, acessíveis para quem não tem medo do desconhecido e possui a mente e ouvidos abertos para novas e maravilhosas experiências.

Como muitos que me conhecem já sabem, ignoro a maior parte das subdivisões classificatórias inclusive Rock Progressivo. Na minha pessoal concepção a Música Progressiva é algo amplo demais: uma música livre e sem ligação com formatos pré determinados que faz uso de diversos elementos de qualquer outro gênero musical sem barreiras e com isto já se desvinculou do Rock, de onde se originou, se transformando em algo único e distinto.

Apesar disto ocasionalmente, em respeito a quem necessite destas classificações, posso usá-las aqui para que estas pessoas se situem.

Neste blog sempre haverá espaço para toda a Música Progressiva, de qualquer época e, ocasionalmente ela será abordada. Aqui só teremos 4 Categorias de Divisão a fim de organizar as postagens:

  1. Prog Clássico – Período Compreendido entre o inicio do Progressivo por volta de 66 até final da década de 70.
  2. Período Prog Intermediário – Décadas de 80 e 90
  3. O Novo Prog – Atual Século XXI em que as produções Progressivas sofreram uma enorme aceleração em todo o mundo (Foco Principal deste Blog)
  4. Música Progressiva Brasileira – Toda e qualquer obra progressiva de qualquer época criada no Brasil. Destaque óbvio.

O Programa Momento Prog da RST terá páginas dedicadas ao mesmo com links direcionados para audição que serão abertos em abas externas  ao blog.

As Entrevistas realizadas por mim e ocasionalmente por colaboradores também estarão em páginas especiais dedicadas às mesmas.

Estou abrindo um espaço no Blog para produtos como cursos e produtos ligados à música e ocasionalmente outros de interesse criados por infoprodutores, uma atividade ligada a minha atual atividade como afiliado visando algum ganho merecido, em função do trabalho realizado. Espero que compreendam e aceitem isto.

Todos os produtos que forem apresentados aqui serão avaliados por mim e, sem dúvida serão de qualidade incontestável. Quem me conhece bem sabe que nunca divulgaria produtos de qualidade discutível.

As plataformas que intermedeiam e asseguram estes produtos são extremamente seguras e confiáveis, e dão uma garantia, geralmente de 30 dias, para o teste dos mesmos. Cabe a cada um experimentar se desejarem conhecer. Fiquem à vontade em relação a isto.

O Blog Peculiar Prog foi produzido com muita dedicação e carinho para todos os amantes desta maravilhosa música que tanto amamos. Espero que possamos criar aqui uma imensa e feliz comunidade Prog equivalente às inumeráveis estrelas do Universo.

 

Apresentando Peculiar Prog!
5 (100%) 12 votes